[Aula 4] Entendendo e utilizando constantes - Curso de PHP, HTML e CSS Grátis

Assim como falamos na aula anterior sobre as variáveis, temos uma outra parte do PHP que também é bastante semelhante, as Constantes.

Como o próprio nome já indica, uma constante é uma espécie de valor fixo, que ao contrário da variável, nunca muda, ou seja, uma vez que você definiu um valor para certa constante, o mesmo não deverá ser modificado até o final do seu script.

Nota: Caso tente modificar o valor de uma constante, o PHP irá retornar um erro!

Semelhante às variáveis, também podemos utilizar o valor das constantes em qualquer parte do código, entretanto, devemos tomar cuidado com as constantes pré-definidas pelo PHP, existem várias constantes que não devem ser utilizadas, pois, elas já são utilizadas na própria linguagem.

Comparação entre Constantes e Variáveis

Vejamos abaixo, uma pequena comparação entre as variáveis e as constantes;

Criação

Como mostramos anteriormente, utilizamos o sinal de cifrão para criar uma variável, exemplo:

$valor = 100;

Ou seja, em qualquer parte do código, a variável $valor será o mesmo que 100. Entretanto, eu posso falar que $valor será 200 no momento em que achar que devo, ou preciso.

Para fazermos a mesma coisa com as constantes, utilizamos a função define(), veja um exemplo:

define("valor", "100");

Com a função acima, definimos que em qualquer parte do código, "valor" será "100". Com isso, até o final do meu script, o valor será 100, não existe uma maneira de mudar isso.

Diferenças

A primeira diferença, como você viu anteriormente, é na criação, enquanto na variável utilizamos apenas o $ (cifrão) para definir seu valor, nas constantes utilizamos uma função define();.

Outro ponto importante, é na utilização, ao invés de "chamar" uma constante com o sinal de $ (cifrão), utilizamos apenas seu nome propriamente dito, veja uma exemplo para exibir o valor 100 no script abaixo:

// Define a variável $valor
$valor = 100;

// Define a constante valor
define("valor", "100");

// Imprime a variável
echo $valor;

// Imprime a constante
echo valor;

Como você viu no exemplo acima, existe uma pequena diferença na utilização das constantes, se compararmos com às variáveis.

Letras maiúsculas e minúsculas

Agora que você já sabe como podemos criar uma constante no PHP, você também deve saber, que ao utilizar a função define(); com apenas dois parâmetros, estamos criando valores que fazem distinção entre letras maiúsculas e minúsculas, ou seja, CONSTANT é totalmente diferente de constant, entretanto, podemos passar o parâmetro "true", para dizer ao PHP, que as nossas constantes não serão case-sensitive (não terão distinções entre letras maiúsculas e minúsculas), veja um exemplo:

define("CONSTANT", "Seu valor", true);

Ou seja, passando o parâmetro "true", estou dizendo que CONSTANT, constant, Constant, CoNsTaNt, ou de qualquer outra forma que eu escrever "Constant", elas sempre terão o mesmo valor, que em nosso caso é "Seu valor".

Como saber se uma constante já foi definida?

Para saber se uma constante já foi definida, você pode utilizar a função defined(); do PHP, veja um exemplo:

if(defined("CONSTANT"))
{
echo CONSTANT;
}

Não se preocupe com o código em si, tente entender apenas a lógica das constantes, vamos falar mais sobre todos os assuntos longo do curso de PHP.

Constantes em PHP

Aulas anteriores

Veja o que você já aprendeu aqui no TEO:

Em vídeo


Tags: Aula Entendendo Utilizando Constantes Curso de PHP HTML CSS Grátis


Comentários