Introdução ao PHP

Introdução ao PHP: Se você tem interesse em desenvolvimento web, em algum momento vai trombar com uma excelente linguagem de programação chamada de PHP, e nesse momento as coisas vão ficar extremamente interessantes.

PHP (ou PHP: Hypertext Preprocessor) é uma linguagem que roda no lado do servidor capaz de fazer praticamente tudo o que você precisar; desde cálculos simples até acessar arquivos, executar comandos e abrir conexões de rede no servidor. Por este motivo, se tornou uma linguagem tão poderosa que faz parte da codificação de sites como Facebook, Drupal, Joomla, WordPress, e vários outros.

A parte interessante de PHP é a possibilidade de executar comandos em blocos de código, os quais podem ser incluídos em meio à linhas de código HTML sem alterar a estrutura visível do documento.

Como PHP é uma linguagem interpretada, é necessário que você tenha o módulo do PHP instalado em seu computador para que seus scripts possam ser executados. Felizmente, é muito simples fazer a instalação dos módulos necessários em qualquer sistema operacional, seja Linux, Windows ou Mac OS.

Para este minicurso de PHP, vamos focar em pessoas que utilizam o Windows, porém, se você tiver qualquer sistema operacional diferente do Windows, basta perguntar nos comentários que passamos um método que vai funcionar para você.

Caso queira mais detalhes sobre a linguagem antes de começar a aprender, leia os textos abaixo:

O servidor para rodar PHP

Arquivos em PHP podem ser lidos como arquivos HTML pelo navegador de internet, porém, é necessário que um interpretador da linguagem faça a interpretação do código que você escreveu antes que o navegador faça a leitura.

Sem o interpretador, todo o trecho de código PHP será lido como texto puro pelo seu navegador de internet, o que tira totalmente o poder da linguagem e o sentido de sua utilização.

Há pouco tempo fiz um tutorial bem simples detalhando como fazer a instalação de um servidor Wamp (Windows, Apache, MySQL e PHP) em seu computador. O link para acessar tal artigo segue abaixo:

E o vídeo tutorial abaixo:

Então, faça o download e instale o servidor indicado no vídeo acima.

Mais detalhes sobre o EasyPHP

Como você pôde visualizar no vídeo acima, o EasyPHP cria um servidor PHP prontinho para ser utilizado em seu computador. Contudo, você deve saber onde colocar seus arquivos.

Quando você instala o programa, ele mostra o caminho (a pasta) onde ele será instalado. No caso do vídeo acima, a paste foi a seguinte:

C:Program Files (x86)EasyPHP-DevServer-14.1VC9

Esta é a pasta comum para instalação de programas de 32bits em versões de Windows de 64bits, ou seja, a pasta "Arquivos de Programas (x86)" que fica dentro do disco onde nosso Windows está instalado (normalmente C:).

Para facilitar todo o nosso processo, eu acesso a pasta do EasyPHP e entro na pasta "data". Dentro dela, existe uma pasta chamada "localweb", que é a pasta padrão onde ficam os arquivos do nosso servidor, tudo o que está dentro dela está disponível pelo nosso navegador de internet através do endereço 127.0.0.1 (ou localhost).

Então, eu crio um atalho para "localweb" na minha área de trabalho.

O processo para fazer isso é bastante simples. Basta:

  • Clicar com o botão direito do mouse sobre "localweb";
  • Passar o mouse sobre "Enviar para";
  • Clicar em "Área de trabalho".

Atalho para pasta localweb do EasyPHP

Assim você terá acesso à pasta principal onde vamos trabalhar, direto da sua Área de trabalho.

Se você não gosta muito de encher sua área de trabalho com atalhos, basta abrir o EasyPHP (apenas deixar o programa à mostra na tela) e pressionar F8. A pasta localweb será aberta logo em seguida.

Pressione F8 para abrir a pasta localweb

Criando as pastas do nosso curso de PHP

Dentro da pasta localweb, crie uma pasta chamada "cursos"; dentro de "cursos", outra pasta chamada de "php". Essa pasta estará acessível através do endereço: 

  • http://127.0.0.1/cursos/php/

Mas você não verá nada dentro dela:

http://127.0.0.1/cursos/php/

Crie uma nova pasta para cada aula (quando for requisitado) com o seguinte formato de nome: aula_1, aula_2, aula_10 (etc…).

Dentro de cada pasta de aula, um arquivo "index.php" será criado (vou explicar como criar este arquivo posteriormente nesse artigo). Fazendo isso, cada aula terá sua própria pasta de arquivos nos seguintes formatos:

  • http://127.0.0.1/cursos/php/aula_1/
  • http://127.0.0.1/cursos/php/aula_2/
  • http://127.0.0.1/cursos/php/aula_10/
  • E assim por diante…

Com isso teremos um curso muito bem organizado, no qual você poderá voltar posteriormente para conferir as aulas anteriores caso tenha dúvidas.

Nota: Não precisa criar as pastas de aulas agora, eu vou descrever quando criar cada pasta e cada arquivo index.php (se for necessário, também criaremos outros arquivos). Apenas crie as pastas "cursos" e "php".

O editor de textos padrão

Existem milhares e milhares de editores de texto que podem ser utilizados para criar seus arquivos em PHP; particularmente, utilizo o Notepad++ e aconselho que você também o faça para não ter problemas ou distrações enquanto segue as aulas.

O Notepad++ tem tudo o que precisamos:

  • Destaque da sintaxe de PHP, HTML, CSS e JavaScript;
  • Contagem de linhas.

Apenas isso será suficiente para criar seus códigos e encontrar erros com facilidade.

Notepad++

Você pode baixar o Notepad++ no link abaixo:

Criando nosso primeiro arquivo em PHP (index.php)

Se você já instalou o Notepad++, agora vamos criar nosso primeiro arquivo em PHP; mas antes disso, você deve criar a pasta da nossa primeira aula.

Para isso, abra a pasta "cursos/php" que você criou dentro da pasta "localweb" do EasyPHP, e crie outra pasta chamada "aula_1" (sem aspas, sempre).

Abra o Notepad++, pressione "CTRL" + "N" para criar um novo arquivo e digite o seguinte:

<?php
	echo 'Olá, mundo!';
?>

Se você abrir o seu navegador de Internet com o link da nossa primeira aula, provavelmente verá o seguinte na tela do seu navegador:

Olá, mundo!

Parabéns, você criou seu primeiro script em PHP.

Videoaula – Introdução ao PHP

Segue abaixo uma videoaula do que foi descrito acima:

Bem rápida e direta!

Concluindo

Essa foi uma aula bem básica, mas que não deixa de ser extremamente importante. Aqui você aprendeu a criar o seu primeiro script em PHP e fazer a execução do mesmo. Com isso, nas próximas aulas poderemos nos aprofundar em códigos, variáveis, datas, cálculos e tudo o que o PHP nos oferece.

Essa foi apenas uma introdução ao PHP, teremos muito mais nas próximas aulas.

Veja todas as aulas, e mais, na categoria Curso de PHP do Tutsup.