Quando você envia uma imagem para seu blog utilizando o WordPress, os caracteres inválidos não são automaticamente removidos, apenas os espaços são trocados por um hífen. Por este motivo, tratar nomes de imagens é essencial para manter os arquivos compatíveis com todos os tipos de hospedagens, navegadores e sistemas operacionais.

Deve existir um motivo para isso acontecer, mas o fato é que se você enviar uma imagem que contenha acentos (ou qualquer caractere inválido) no nome, provavelmente terá um problema que será complicado para ser resolvido posteriormente. Em algumas hospedagens, as imagens nem mesmo serão exibidas, fazendo com que você perca tempo procurando o que aconteceu.

Pode fazer o teste aí no seu blog e veja o que acontece.

Por exemplo, nomeie uma imagem de “Atenção Espaço.jpg” e envie para o WordPress; depois abra a imagem e perceba que o nome gerado para o arquivo foi “Atenção-Espaço.jpg“. Estou utilizando uma hospedagem Windows para realizar os testes, e a imagem não aparece por conta daqueles caracteres inválidos (os acentos, cedilha e demais).

Se você for um desenvolvedor e quiser resolver isso manualmente, basta aplicar um filtro no nome do arquivo utilizando o gancho wp_handle_upload_prefilter, caso contrário o plugin Clean Image Filenames vai resolver seu problema imediatamente após instalado e ativado.

Se você enviar um arquivo de nome “Atenção Espaço.jpg” após ativar o Clean Image Filenames, verá que este mesmo arquivo agora terá o nome de “atencao-espaco.jpg“, resolvendo todo o problema de caracteres inválidos que você tinha anteriormente.

Como tratar nomes de imagens no WordPress

Nome da imagem tratado com o Clean Image Filenames

Infelizmente este plugin não vai resolver o problema das suas imagens enviadas anteriormente, e nem poderia, pois ele teria que editar todos os seus artigos que contém o nome da imagem inválido e modificar a URL da mesma, mas ele vai resolver possíveis problemas futuros que você possa ter quanto a isto.

Caso não queira testar o plugin em um blog que esteja em produção, crie um blog local utilizando o nosso tutorial:

Faça todos os seus testes diretamente no seu computador e depois envie para sua hospedagem.